As palavras na barriga

Vasco Negreiros

Ref. ava080150

This work is available for rental.

To obtain more information about renting this work, please fill the rental form for this work.

As palavras na barriga

Coro

Oboe

Clarinetto in LA

Corno in FA

Fagotto

Violino 1

Violino 2

Viola

Violoncello

Contrabbasso

Pianoforte

 

 

Ópera Infantil 55' aprox

Personagens:

Três crianças Solistas: joaquinzinho; Marilú eo Jardineiro Gúdúngúm.
Coro e bailarinos (ad libitum)
 Acompanhamento ao piano.   Esta obra comemora uma troca de imaginário entre pessoas, como meio de transmissão de apoio, de crítica ou de carinho, parte fundamental da alegria de viver, relembrando os Meios para florescimento deste mesmo imaginário, pelos livros, pela natureza, pela convivência. 

O joaquinzinho descobre maravilhado eo afagar uma captação de estímulos externos, saindo assim da hiperactividade que o extenuava. 

A que descobre Marilú, Partilhando o que colecciona, pode sair do isolamento, sentindo-se útil e mais plena, com menos medo do mundo. 

O Jardineiro, muito sábio, monta uma armadilha que leva a que os dois irmãos se enriqueçam e Encontrem as suas vidas. O facto de O Jardineiro vir de uma outra cultura faz com que melhor POSSA surpreender o joaquinzinho.

Embora um Marilú já houvesse lido a respeito do mito dos Godon, só em Diálogo com o joaquinzinho consegue chegar a Libertadora ideia que fecha o penúltimo número, festejada No último, que é um hino à Liberdade de Expressão. A participação do Coro e cuidadosamente fácil.

Em último caso, poder-se-ia até prescindir dele, uma vez que é sempre a Duas Vozes, com um personagem em cena, podendo ser cantado pelas outras duas. Uma interessante Possibilidade, em caso de itenerância, seria ensaiar um coro infantil diferente em cada local de concerto. As Três usadas Canções Infantis (fornecendo grande parte do material motívico dos recitativos interlúdios) têm instrumentais dançados que pueden ser, assim como, claro está, também a dança do Godon povo, eventualmente com acompanhamento de percussão africana.

Por estarem o Pião e os Patinhos tão próximos, poder-se-ia deixar que o primeiro fosse dançado só por meninos (é uma canção do joaquinzinho), enquanto os Patinhos seriam só das meninas (Canção da Marilú), todos dançando o Pastorzinho, eventualmente, nos papéis de pastor e de Rainha. 

Quanto ao número final, havendo dança infantil, somam-se as Possibilidades Impressas Coreográficas alternativas na partitura. 

Seria bom haver forte presença da dança, uma vez que uma ópera tanto tematiza a palavra, ainda que se um POSSA Apresentar prescindindo dessa componente.   

Vasco Negreiros

Novembro de 2007

 

There were 3 recent performances of this work:

Academia de Música de Vilar do Paraíso, directed by .
08-07-2015 · 21:30 | Cineteatro António Lamoso
Academia de Música de Vilar do Paraíso, directed by Filipe Fonseca
19-04-2015 · 18:00 | Auditório Municipal de Gaia
Academia de Música de Vilar do Paraíso, directed by Filipe Fonseca
18-04-2015 · 21:30 | Auditório Municipal de Gaia